Deste abril cinzento

Por Priscila Silva

vintique_20150415_182952

Foto: Ninja – retirada da Revista Fórum e alterada

Nesta segunda-feira morreram Eduardo Galeano e Günter Grass, e pode-se dizer que o mundo perdeu, no dia 13 de abril, parte importante de sua lucidez, inteligência e senso crítico.

Ainda neste abril, e, para ser mais precisa, no dia 12, houve manifestações pelo Brasil em prol de causas louváveis, como o fim da corrupção e o respeito ao povo brasileiro e à democracia, mas que, por outro lado, levantava bandeiras por ações anticonstitucionais e contra seus próprios princípios e direitos de cidadão.

Em meio à salada de reivindicações e opiniões confusas, misturavam-se religiosos, militares, políticos homofóbicos e pessoas de bem: meninas esbravejando seu desejo de justiça perante câmeras de celulares, no intervalo das selfies que faziam sucesso com a Tropa de Choque da PM.

Parece-me que a lucidez e o senso crítico brasileiros também morreram dia 12, nos cartazes em favor de intervenção militar e de um impeachment inconstitucional; morreram na intolerância de alguns manifestantes que desfilavam vestidos de um ódio sem fundamento, e, por ironia do destino, na porta fechada da Starbucks que não tinha água. À protestante solitária na glamorosa Paris só restou seu manifesto diante do cartão postal da Cidade Luz.

Deste abril cinzento ainda restam alguns poucos dias para esclarecermos às nossas crianças o que é democracia, e explicar os equívocos com os quais nos deparamos nas imagens que vemos e barbáries que ouvimos. E isto não será fácil, leitor, uma vez que o ódio é promulgado e lançado aos quatro ventos por uma mídia calculista. Também podemos, nestes dias que restam, convencer-nos de que as turbulências passam, as nuvens negras se dissipam, e dias melhores e mais iluminados estão por vir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s